Contador ou Empresário Contábil?

A contabilidade e as novas demandas do mercado
10/05/2017
A importância do investidor anjo para ME e EPP
10/05/2017

Diante do cenário crítico que estamos vivendo no âmbito político e econômico, resta  ao empresário brasileiro balancear as despesas versus receitas, com fins de se manter no atual mercado competitivo.

Mesmo sendo esta a grande linha de ação obrigatória de todas as atividades, seja comércio ou serviços, cabe reforçar: adaptar-se é o grande lema! Da mesma forma, a empresa precisa possuir diferencial, planejamento estratégico e é claro, conhecimento técnico.

A gestão de uma empresa e a execução dos processos são os principais pontos para a continuidade dos negócios, lembrando que a base para que os objetivos sejam alcançados é o bom planejamento.

Saber gerir é saber sobre o seu negócio, desde como se inicia qualquer procedimento interno até a entrega do produto/serviço.

Um bom planejamento irá permitir uma boa organização, verificando a aplicação dos recursos e minimizando os custos. É na gestão que se identificam as falhas e os erros. Sem acompanhar os processos fica difícil identificar os motivos reais de, por exemplo, ter chegado ao mercado um mau produto, com menores chances de lucro, tornando- se obsoleto ou ultrapassado, num mercado bastante exigente.

Nas empresas contábeis não é diferente. Então , você é contador ou empresário contábil? Se for o segundo, muita atenção nos pontos abordados neste artigo.

Com tantas mudanças na legislação,  conhecer as etapas, bem como a execução dos procedimentos, permitirá bons resultados e menos problemas ao longo da operação, principalmente em relação ao cumprimento das obrigações acessórias de cada atividade, de seus clientes. Faz-se necessário ficar sempre atento às mudanças!

Mapear os processos, conhecer cada etapa na elaboração do produto ou serviço, e então, projetar todos os resultados futuros, os riscos e possíveis falhas operacionais, prevendo os possíveis problemas, sendo estes finalmente sanados, este é o caminho para uma boa gestão.

As consultorias empresariais e tributárias e uma boa execução contábil estão em alta no mercado. Assim, é preciso atuação constante e excelência nos serviços prestados.

Para isso temos que primeiro entender que somos uma empresa como tantas outras e que temos o “produto/serviço”, temos “pessoas” para executar e todo um trâmite de procedimentos a seguir, até chegar ao destino final: o cliente, não esquecendo dos órgãos fiscalizadores.

Vale reforçar que um bom planejamento estratégico, elaborado com conhecimento técnico e com materiais de trabalho que nos indiquem índices de produtividade, verificando as despesas e custos de cada cliente, como também a análise e eficiência  de cada colaborador, levando em conta suas habilidades, experiências e conhecimento são muito importantes. Afinal, empresa contábil também é gerida por pessoas, por  isso temos a obrigação de investir nelas.

O acompanhamento de todas as ações no processo de organização é primordial, verificar todos os indicadores encontrados, os pontos positivos e negativos e trabalhar as “não conformidades”, com ações específicas, identificando onde ocorreu a falha. Essa continuidade da aplicação da qualidade nos serviços prestados é o segredo de um bom negócio.

Em resumo, a constante arte de saber ser gestor é acompanhar os negócios e saber usar as oportunidades de mercado para decolar rumo ao sucesso!

Agora que você já sabe atribuições também do empresário contábil, você já deve saber que fazer parte de uma associação de classe abre muitos caminhos  na vida do profissional. Que tal ver o benefícios de ser um associado da ACONTECE? Clique para saber mais!

Elaine Albuquerque

Diretora da Associação dos Contabilistas do Estado do Ceará – Acontece.

associação dos contadores do estado do ceara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *